Posts com Tag ‘Gato’

Cão, Gato e Rato

Publicado: 05/12/2009 por Christine em Televisão
Tags:, , , , , , , , , ,

Esse video está fazendo o maior sucesso na web!
Trata-se de um cão que carrega um gato, que por sua vez carrega um rato.
A cena no mínimo curiosa foi registrada no estado do Texas, nos Estados Unidos e foi transmitida pela TV “ABC News”.

Anúncios

A Tempestade

Publicado: 21/10/2009 por Christine em Humor
Tags:, , ,

Leia esse pequeno conto e surpreenda-se com o desfecho dessa linda história de amor impossível!

Eles estavam juntos na casa.

Apenas os dois.

Era uma noite fria, escura e chuvosa. A tempestade tinha chegado de repente.

A tempestade 1

E cada vez que um trovão ecoava, ele observava o seu pulo.

Ela olhou através da sala e admirou sua força aparente… e desejou que ele pudesse pegá-la em seus braços, confortá-la e protegê-la da tempestade.

De repente, com um estouro, a energia se foi… ela gritou….

Ele correu ao sofá onde ela se encolhia de medo.

Ele não hesitou e a colocou em seus braços.

Ele sabia que era uma união proibida e tinha a expectativa de que ela o empurrasse de volta.

Ele ficou surpreso quando ela não resistiu e o agarrou.

A Tempestade passou…

Eles sabiam que estavam errados…

Suas famílias nunca entenderiam… Tão consumidos estavam em seu MEDO que não ouviram nenhuma porta se abrindo… apenas o clique seco de uma câmera…

GetAttachment.aspx

Por que “a curiosidade matou o gato”?

Publicado: 24/09/2009 por Christine em Curiosidades
Tags:, ,

Gato.preto

Esse ditado tão conhecido se originou na Europa, durante a Idade Média. Nessa época as pessoas pensavam que os gatos, principalmente os de cor preta, traziam má sorte. Por isso eles criavam armadilhas, usando iscas para chamar a atenção desses animais. O gato por ser bastante curioso, se sentia atraído por esses chamarizes que despertavam sua atenção, o que fazia com que ele caísse na armadilha, levando-o à morte. Nessa mesma época alguns líderes, representantes da Igreja, usavam o exemplo do “gato curioso” para fazer uma analogia com as pessoas que demonstravam curiosidade em aprender mais sobre a Bíblia. Os fiéis não tinham acesso à palavra de Deus e por isso, muitos versículos e dizeres foram deturpados.