Arquivo de março, 2010

Em Puebla, no México, acaba de ser lançado um serviço de táxi onde apenas mulheres podem ser transportadas. Muito sugestivo, todos os veículos da frota são cor-de-rosa.

Confira o vídeo:

Um artista alemão lançou mão de um clássico brinquedo infantil para para fazer arte. Jan Vormann, de 26 anos, passou por vários países nos últimos três anos executando seu projeto, intitulado “Repair Manifesto” (o manifesto do conserto).
Ele utiliza peças de Lego para “preencher” buracos e deformidades em muros e monumentos históricos. Para ele, a sua melhor ‘restauração’ foi feita na cidade onde nasceu: “Meu trabalho favorito foi feito em Berlim. Preenchi os buracos deixados por armas de fogo e estilhaços da Segunda Guerra Mundial.”

Confira algumas fotos:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dizem por aí que não existe mulher feia, existe mulher pobre. Para comprovar a tese, encontrei essa imagem para ilustrar. Essas mulheres participaram de um reality show chamado Extreme Make Over, transmitido em uma emissora estadunidense.

Mais uma cerimônia do Oscar foi realizada no ontem, 07/03 e para a grande surpresa da maioria, o filme “Guerra ao Terror” levou seis estatuetas, desbancando o favorito “Avatar”, que recebeu apenas três prêmios.

Veja a lista completa dos vencedores do Oscar 2010:

Melhor filme: “Guerra ao terror”

Melhor direção: Kathryn Bigelow, “Guerra ao terror”

Melhor atriz: Sandra Bullock, “Um sonho possível”

Melhor ator: Jeff Bridges, “Coração louco”

Melhor filme estrangeiro: “O segredo dos seus olhos” (Argentina)

Melhor edição (montagem): “Guerra ao terror”

Melhor documentário: “The cove”

Melhores efeitos visuais: “Avatar”

Melhor trilha sonora: “Up – Altas aventuras”

Melhor cinematografia (fotografia): “Avatar”

Melhor mixagem de som: “Guerra ao terror”

Melhor edição de som: “Guerra ao terror”

Melhor figurino: “The young Victoria”

Melhor direção de arte: “Avatar”

Melhor atriz coadjuvante: Mo’Nique, “Preciosa”

Melhor roteiro adaptado: “Preciosa”

Melhor maquiagem: “Star trek”

Melhor curta-metragem: “The new tenants”

Melhor documentário em curta-metragem: “Music by Prudence”

Melhor curta-metragem de animação: “Logorama”

Melhor roteiro original: “Guerra ao terror”

Melhor canção: “The weary kind”, de “Coração louco”

Melhor animação: “Up – Altas aventuras”

Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, “Bastardos inglórios”

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, uma piadinha para elevar nossos egos:


Onze pessoas estavam penduradas em uma corda num helicóptero.
Eram dez homens e uma mulher. Como a corda não era forte o suficiente para segurar todos, decidiram que um deles teria que se soltar da corda.
Eles não conseguiram decidir quem, até que, finalmente, a mulher disse que se soltaria da corda pois as mulheres estão acostumadas a largar tudo pelos seus filhos e marido, dando tudo aos homens e recebendo nada de volta e que os homens, como a criação primeira do mundo, mereceriam sobreviver, pois eram também mais fortes, mais sábios e capazes de grandes façanhas…
Quando ela terminou de falar, todos os homens começaram a bater palmas… E caíram da corda…
Liçâo: Nunca subestime o poder e a inteligência de uma mulher!

Desde 1975, o dia 8 de Março foi instituido como o Dia Internacional da Mulher. Porém, se realizarmos uma pesquisa nas ruas, é bem provável que somente uma pequena minoria responderá como se deu a origem da comemoração a essa data. Como saber é poder, (Saiba porquê lendo o livro Saber é Poder, de Michel Foucalt) um pouco de história.
Neste mesmo dia, no ano de 1857, operárias têxteis que trabalhavam em uma fábrica na cidade de Nova Iorque, nos EUA, decidiram entrar em greve a fim de reivindicar uma redução na jornada de trabalho, de 16 para 10 horas por dia e também que seus salários fossem equiparados aos dos homens, uma vez que elas recebiam menos de um terço do que eles, realizando o mesmo trabalho.
Infelizmente, seus apelos não foram ouvidos e em resposta às suas reivindicações, as portas da fábrica foram fechadas pelos donos da tecelagem (com o apoio de homens operários) e um incêndio foi provocado, resultando na morte de cerca de 130 trabalhadoras.
Apenas em 1910, durante uma conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas operárias, comemorar o 8 de Março como “Dia Internacional da Mulher”.
Contudo, somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Esses bancos nada convencionais foram idealizados e produzidos pelo designer canadense Nolan Herbut. Cada móvel é composto de 2 mil teclas de teclado fixados em uma estrutura de madeira.
Além de seu visual original, o banco conta com um atrativo a mais, as teclas ao serem pressionadas produzem o som característico dos teclados convencionais. Assim os viciados em tecnologia podem “exercitar” suas habilidades de digitação e interagirem com o banco nos momentos de descanso.

Confira as fotos:

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução